Documentário da Netflix expõe empresário que matava tigres com tiros

Documentário da Netflix expõe empresário que matava tigres com tiros nas cabeças

Mais um documentário da Netflix abordará um matador de animais. O serviço de streaming tem diversos filmes e documentários sobre assassinos. O tema parece agradar bastante ao público. Tanto, que a plataforma a investe não apenas em matadores de pessoas, mas também de animais.

O novo lançamento é “A Máfia dos Tigres”. A obra conta um caso assustador, como outros produtos da casa. O documentário acompanha a história de Joe Exotic, um empresário do entretenimento condenado por várias atrocidades.

documentários da Netflix sobre tigres

Ele pegou 22 anos de prisão por matar tigres com tiros nas cabeças. Ele ainda é acusado de organizar uma emboscada para matar Carole Baskin, fundadora do Big Cat Rescue (Resgate de Grandes Felinos), que denunciou a prática.

O trabalho de Baskin expôs pessoas que criavam tigres e os exploravam. O site dela mostrava filhotes sendo afastados das mães e sendo direcionados para que pessoas pudessem tirar fotos com eles. Entre os denunciados, estava Joe Exotic. Vendo seu negócio de exploração animal ameaçado, o empresário contratou um pistoleiro para matar Baskin, mas a missão falhou.

A denúncia acabou gerando outras e foi constatado que, além de explorar filhotes, o homem matou pelo menos cinco tigres com tiros nas cabeças. As cruéis execuções foram realizadas para abrir espaço na propriedade para novos animais.

Documentário da Netflix segue linha de sucesso

Além de “A Máfia dos Tigres”, outro documentário da produtora que fala sobre um assassino de felinos é “Don’t F**k with Cats: Uma Caçada Online”. Esta série documental acompanha pessoas que fazem uma busca na internet para encontrar um homem que publicava vídeos nos quais matava gatinhos.

Carole Baskin
Carole Baskin (Foto: Divulgação)

O lançamento foi bastante polêmico, e houve quem acreditasse ser um erro. De acordo com alguns críticos, o conteúdo poderia incentivar casos parecidos, por dar destaque aos crimes. Mesmo assim, “Don’t F**k with Cats” foi um sucesso.

A história de Joe Exotic é diferente, pois já está bem claro quem é o assassino e o material apenas o expõe. Os tigres que ele tinha foram resgatados e encaminhados a santuários.

Além dos assassinatos de animais, exploração e tentativa de homicídio, ele também pode ter envolvimento com tráfico de drogas e líderes de cultos. O círculo de influências do empresário contava com poderosos apaixonados por grandes felinos.

“A Máfia dos Tigres” já está disponível na Netflix.

Confira mais curiosidades sobre gatos:

Documentário da Netflix sobre matador de gatinhos divide opiniões

Projeto une gatos abandonados e presidiários e todos saem ganhando

Abrigo faz festa de aniversário para gatinha ser adotada – mas ninguém aparece

     

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.