Polícia Militar Ambiental resgatou cães em situação de maus-tratos

Polícia Militar Ambiental resgatou cães em situação de maus-tratos

Na cidade de Natividade da Serra, região do Vale do Paraíba (SP) uma ação policial salvou animais em condições degradantes. A Polícia Militar Ambiental resgatou cães e galos que sofriam maus-tratos em uma propriedade rural.

O flagrante aconteceu na última sexta-feira (6), no Bairro Lagoinha. Foram apreendidos também cortes de árvores ameaçadas de extinção e armadilhas de caça. A madeira era de Guatambu. Os exemplares são usados como cabos de enxadas, por exemplo. Mas isso é ilegal.

Os cães estavam trancados em pequenas gaiolas, sem alimentação e com claros sinais de maus-tratos. Os galos estavam na mesa situação. A Força Tática Ambiental chegou até o local, no sul do município, após denúncias anônimas.

Polícia Militar Ambiental resgatou animais e multou dono da propriedade

O proprietário do sítio, um homem de 62 anos, acompanhou a fiscalização e depois foi encaminhado ao Distrito Policial de Taubaté, cidade próxima. Ele permaneceu preso e responderá por crime ambiental e maus-tratos.

Polícia Militar Ambiental
Animais serão tratados
(Foto: Polícia Militar-SP)

Ele foi multado em R$ 46 mil, pois cada animal aumenta o valor da cobrança. Os cães e aves foram encaminhados ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), de Taubaté.

O destino dos animais será decidido após o tratamento. Quando se trata de animais silvestres, eles são soltos na natureza quanto estão saudáveis. Por outro lado, como se trata de animais domésticos, as coisas são diferentes. O destino pode ser adoção, por exemplo.

Degradação ambiental preocupa polícia

Armadilhas apreendidas
Armadilhas de caça também foram apreendidas
(Foto: Polícia Militar-SP)

Além do Guatambu e da caça ilegal, a região do Vale do Paraíba sofre também com os palmiteiros. Áreas de preservação são invadidas e palmeiras em extinção são derrubadas para retirada do palmito-juçara. A extração é proibida, mas ainda movimenta dinheiro nos bastidores do combate ao crime.

Além do risco de extinção da palmeira, as regiões onde os palmiteiros agem são desmatadas. Ou seja, fica difícil combater crimes ambientais se ainda há mercado para produtos ilegais. Enfim, pense nisso.

Polícia resgata cães
Momento do resgate
(Foto: Polícia Militar-SP)

Leia também:

Atleta olímpico salvou 90 cães que virariam comida na Coreia do Sul

Doença misteriosa matou dezenas de cães na Noruega

Veterinário salvou cão obeso que seria sacrificado

Cães foram resgatados
Ação aconteceu em Natividade da Serra
(Foto: Polícia Militar-SP)
     

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.