Por que bocejamos? Um mistério que a ciência ainda tenta entender 

por que bocejamos

Esse é um dos comportamentos mais primitivos dos animais. Inclusive, o “bicho homem”. Praticamente todo vertebrado boceja. O bocejo é um comportamento que ocorre desde o útero. É uma das primeiras coisas que fazemos automaticamente. Enfim: Por que bocejamos? 

O bocejo é algo contagioso, mesmo entre espécies diferentes. Se seu gato boceja, por exemplo, você e seu cachorro certamente irão fazer a mesma coisa. O simples fato de ler sobre isso já faz a boca abrir. 

Por que bocejamos é um mistério maior do que parece 

animais também bocejam

Ao bocejar, algumas pessoas até conseguem superar a paralisia durante esse abrir de boca. Vítimas de derrame, por exemplo, conseguem mover partes paralisadas durante um bocejo. O comportamento, por outro lado, é estudado mais por sua ligação ao sono. 

Estima-se que o bocejo seja um sinal de mudança de estado de descanso para vigília. É como um mecanismo para tirar a pessoa da sonolência e deixá-la mais alerta. Mas isso é apenas uma teoria, já que ainda há muito a se entender sobre isso. 

O bocejo é contagioso e a ciência tenta explicar o motivo 

Esse misterioso costume incontrolável pode ser uma ferramenta de sincronização ente seres que vivem juntos. Esse seria o motivo de ser contagioso. Um grupo de humanos, ainda nas cavernas, bocejariam de forma contagiosa para que todos estivessem alerta.  

bocejo bebê

Como o tempo, isso continuou, mas se espalhou a quase todas as espécies. Portanto, quando alguém boceja em uma casa, até os animais são atingidos. Teoricamente, isso serviria para que todos estivessem prontos para a ação. 

Enfim, ainda há muito a se descobrir sobre o mistério por trás dos bocejos. 

Mais curiosidades: 

O mistério do Olho do Saara – Uma das formações mais lindas do mundo 

O que os heróis fazem no dia a dia – esses quadrinhos mostram 

Sonhar com cachorro: Os significados por trás dos sonhos com cachorros 

Recomendamos para você



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *