Gatinhos gêmeos inseparáveis procuram casa juntos 

São tão ligados, que não podem mais viver longe um do outro

gatinhos-gêmeos-inseparáveis
(Chatons Orphelins Montréal)

Uma triste realidade é que, na maioria dos casos, as ninhadas de gatos acabam separadas. Como não há condições para que os irmãos vão para o mesmo lar, os filhotes não crescem juntos. Mas, em alguns casos, eles são tão ligados, que precisam encontrar um lar que não os separe. É o caso desses gatinhos gêmeos inseparáveis. 

gatinhos gêmeos inseparáveis adoção
(Chatons Orphelins Montréal)

A dupla nasceu em Montréal, no Canadá. Um resgate de animais local foi chamado por um morador. Ele dizia que não tinha condições de cuidar da ninhada de filhotes e precisava encontrar uma casa para eles. Uma equipe do abrigo foi até a casa, buscar os filhotes e se deparou com os gêmeos, que parecem estar usando smoking. 

gatos gêmeos
(Chatons Orphelins Montréal)

Os bebês ganharam os nomes de Berlioz e Chopin. Eles foram para casa com Emma e Joel, os pais adotivos, após visitarem o veterinário. O casal percebeu que estavam certos em não separar os bichanos. Eles não se desgrudavam e pareciam cópias um do outro até quando brincavam. 

Gatinhos gêmeos inseparáveis encantam  

Uma das poucas coisas que os diferencia é a marca branca no bigode de Berlioz. De resto são praticamente idênticos. Eles têm nomes de músicos românticos, pois parecem maestros com seus ternos e gravatas naturais. Os dois têm enormes bigodes que se destacam nos rostinhos escuros, os tonando mais lindos ainda. 

filhotes inseparáveis
(Chatons Orphelins Montréal)

Quando não estão correndo pela casa, estão cochilando abraçados. Se não conseguem se ver, estando em cômodos diferentes, por exemplo, eles não sossegam até se reencontrarem. Enfim, ao se juntarem novamente, ronronam estrondosamente, mostrando que estão satisfeitos em estarem juntos novamente. 

adoção de gatos
(Chatons Orphelins Montréal)

Em conclusão, agora eles buscam um lar definitivo e que os adote juntos. Esses filhotes, portanto, não devem mais ser separados após o amor que desenvolveram um pelo outro. Sem dúvida, o lar definitivo precisa acolher aos dois. Mas eles são tão lindos, que isso não será um desafio tão grande. 

Leia também: 

Curiosidades do mundo: 10 fatos mais curiosos sobre gatinhos 

Câmera flagra garotinho fugindo da cama para dormir com o cachorro 

Gato com condição especial abraça visitante de abrigo e pede para ser adotado 

Recomendamos para você



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *