Polícia regatou 250 cães com cordas vocais cortadas e em pequenas gaiolas

comércio ilegal de cães
Foto: Divulgação

Este triste caso mostra a ação de uma rede criminosa especializada em tráfico de cães. Os criminosos, em resumo, já agiriam há mais de 10 anos na Espanha. A Polícia Nacional resgatou 250 cães de raça com as cordas vocais cortadas e em situação degradante.

Os animais seriam comercializados e estavam armazenados em pequenas gaiolas. Havia exemplares de Chihuahua e Lulu da Pomerânia em ambiente apertado, por exemplo. As cordas vocais dos cães de latidos mais acentuados teriam sido cortadas para dificultar a localização.

cães com cordas vocais cortadas
Foto: Divulgação

Além dos animais com as cordas vocais cortadas, também havia dois mortos. Os que não sobreviveram estavam congelados e enrolados em jornais. As pessoas flagradas no local pagaram fiança e foram libradas. Os animais foram encaminhados a instituições.

Entre os detidos, há dois veterinários. Os cachorrinhos, segundo as investigações, certamente eram comercializados através de redes sociais.

Enfim, o negócio milionário de tráfico de cães é uma preocupação das autoridades. Além do comércio ilegal em si, em suma, ainda há a crueldade contra os cachorros que são criados e vendidos. Cada exemplar pode ser comercializado entre 1300 e 3000 euros.

As informações são do El País. Vídeo da Agência Reuters.

Leia também:

Homem arremessa cão por cima de portão em vídeo revoltante

     

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.