Adoção de animais por impulso é uma das maiores causas de abandono

Adoção de animais por impulso
(Ancaro Project)

O abandono de animais ainda é um grande problema. Mesmo com campanhas de conscientização e aumento do interesse pelos direitos dos pets, ainda há muito a se fazer. E a adoção de animais por impulso, em suma, é uma das grandes causas de abandono.

Muitas vezes, os adotantes não sabem como será, de fato, a mudança antes de escolher um cão ou um gato, por exemplo. Quando se depara com as responsabilidades, gastos, problemas e outros detalhes, acaba desistindo.

Abandono de animais é crime
Abandono de animais é crime – (Tran Mau Tri Tam)

Quem ama os animais relata o dia a dia de forma romântica, pois o amor traz esta sensação. Mas nem todos estão preparados para ter um bichinho.

Uma das formas de evitar e inibir este tipo de atitude cruel, são os chips de identificação. Esta modalidade de cadastro é mais popular fora do Brasil, como nos Estados Unidos. Entenda como funciona este sistema, que pode ajudar a diminuir o abandono.

Adoção de animais por impulso pode acabar em abandono

adoção de animais por impulso
(Lauren Kay)

Em resumo, uma forma de identificar o animal e o dono é o sistema de chips. O gato ou cão tem seus dados e os do tutor marcados em um chip, que é colocado no animal de forma que não o machuque ou se estrague.

Sendo assim, caso o pet se perca ou seja abandonado, o dono será rapidamente encontrado através dos dados do chip. Esta é, certamente, uma das melhores formas de reduzir o abandono causado pela adoção de animais por impulso.

animais abandonados
(Daniel Chekalov)

Outra forma, é a educação. Ou seja, a pessoa que pretende adotar um animal, precisa saber tudo sobre isso. Se há espaço em casa, quais as responsabilidades de saúde, higiene e quais são os gastos.

Sem dúvida, um verdadeiro amante dos animais – ou mesmo uma pessoa de bom senso – jamais abandonaria um bichinho. Além de crime, é de uma canalhice ímpar. Portanto, se você se arrependeu de adotar um animal, não tem problema. Mas faça a coisa certa. Volte até o abrigo e o devolva para uma pessoa que se responsabilize por ele.

Leia também:

Cão nadou por 11 horas para conseguir ajuda após barco do dono afundar

Quanto tempo um gato dorme por dia?

10 fatos mais curiosos do mundo

     

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.