Trauma: cãozinho adotado continua economizando ração sem entender que não precisa mais

Se nós, humanos racionais, estamos expostos a situações traumáticas, imagine os animais. Se uma pessoa precisa de acompanhamento psicológico para se livrar de traumas, o que um animal poderia fazer? Uma coisa é certa: receber amor e ficar afastado do que causou o trauma já é um bom começo.

Este é o caso do cãozinho Otávio. Ele foi resgatado de uma casa na qual alguns animais sofriam abusos. Marcado, o cãozinho demorou para confiar novamente em pessoas. Ele foi adotado por um casal e, inicialmente, ele tinha medo até mesmo de ser acariciado.

cachorro economiza ração

Com o tempo, ele começou a se soltar e entender que os novos donos eram diferentes dos anteriores. Um ponto curioso, é que o cão sempre comia apenas metade da comida do potinho, deixando a outra parte intacta.

O casal desconfia que ele fazia isso devido ao passado, no qual a alimentação não era tão farta. Sendo assim, o cãozinho precisava racionar comida para não ficar com fome mais tarde.

Agora que está cheio de amor e não precisa se preocupar com maldades, quem sabe Otávio não muda e se entrega à felicidade?

cachorro resgatado economiza ração

Fonte: The Dodo

Leia também:

Cãozinho é sacrificado por engano em clínica veterinária

     

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.