Youtube excluiu canais envolvidos em rede de exploração sexual infantil

Youtube excluiu canais envolvidos em rede de exploração sexual infantil

Sempre vemos memes e matérias falando sobre como perder a fé na humanidade está cada vez mais fácil. Com as facilidades que a internet traz, e a sensação de anonimato que vem de carona, há quem se ache intocável. Mas o Youtube excluiu canais com conteúdo assustador.

Resumidamente, um grupo de pessoas usava imagens aparentemente inofensivas de canais infantis para montar vídeos para um público bem específico: o de pedófilos.

Certamente é difícil acreditar, já que estamos falando do segundo maior motor de buscas do planeta. Mas a coisa é séria, e bem mais elaborada e triste do que parece a princípio.

youtube apagou canais imprórpios

Youtube excluiu canais após denúncias

Youtubers descobriram esta rede de vídeos impróprios e denunciaram ao próprio Youtube, que tomou providências. E para alertar a todos, os produtores de conteúdo postaram vídeos falando do problema. Sendo assim, a coisa se espalhou rapidamente.

Leia também:

Inteligência artificial cria vídeos pornográficos falsos com celebridades

Histórias de terror reais e assustadoras

Melhores nomes de operaçõs da Polícia Federal

Marcas como Nestlé, Disney e Epic Games, responsável pelo fenômeno Fortinite, chegaram a retirar propagandas do Youtube. Isso, pois os tais vídeos com exploração sexual infantil, antes de serem descobertos, estavam até mesmo monetizando. Ou seja, estavam ganhando dinheiro publicando o conteúdo.

Pelo menos 400 canais foram excluídos.

crinças brincando slime

Como funciona a rede?

Os responsáveis pelos conteúdos impróprios pegavam vídeos de canais infantis comuns, aqueles que são de crianças para crianças. Mas separavam trechos que, à primeira vista, não tinham nada de mais, como uma menininha brincando com massinha, por exemplo.

Os trechos que poderiam agradar aos pedófilos eram separados e vídeos eram montados apenas com as partes cortadas. Sendo assim, eram editados centenas de vídeos apenas com closes e detalhes dos corpos das crianças.

A coisa era tão feia, que os comentários das publicações mostravam o tipo de púbico dos vídeos. Tanto, que parte das conversas e comentários foram enviados à polícia junto com o conteúdo. Portanto, não só canais saíram do ar, como agora a polícia está caçando milhares de pedófilos pelo mundo.

Confira todos os detalhes no vídeo:

Recomendamos para você



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *