Whatsapp vai processar quem usar o aplicativo para envio de mensagens em massa

Whatsapp vai processar quem usar o aplicativo para envio de mensagens em massa

Em decisão recente, o serviço de envio de mensagens mais usado no Brasil, busca soluções drásticas. O Whatsapp vai processar usuários que cometerem certas práticas que se tornaram bem comuns.

Envio de mensagens em massa, por exemplo, serão punidos. Mas quem utilizar o aplicativo indevidamente para fins comerciais também precisará prestar contas. Isso, pois este tipo de utilização vai contra os termos de uso, mas poucos respeitam o que está escrito nas regras.

(Foto em destaque: Rachit Tank/Unsplash)

O endurecimento das punições às más práticas, em resumo, veio devido às inúmeras reclamações dos últimos meses. A plataforma foi usada para distribuição massiva de conteúdo político durante as eleições. A decisão chega para evitar que aconteça de novo.

whatsapp vai processar usuários que usam app incorretamente

Whatsapp vai processar usuários que descumprirem regras do aplicativo

No site oficial do Whatsapp foi publicado o aviso e dada a data para início das possíveis punições. Segundo o aplicativo, as regras começarão a valer no dia 7 de dezembro deste ano.

Além das punições para quem descumprir as regras, também será fechado o cerco contra quem ajudar terceiros a violar os termos de serviço. Sendo assim, quem usar de forma abusiva, ou encorajar este uso, receberá uma notificação da justiça, se for identificado.

Enfim, envio automatizado de mensagens em massa, por exemplo, e uso comercial do app, serão passíveis de processos judiciais.

Leia também:

Coheça o “Tinder” para conectar animais abandonados e possíveis adotantes

Inteligênia artificial cria vídeos pornográficos falsos com celebridades

Estresse humano contagia cães, diz estudo

Whatsapp busca evitar más práticas
Whatsapp busca evitar más práticas
(Foto: Christian Wiediger/Unsplash)

 

Como usar o Whatsapp legalmente?

No mesmo texto de alerta do site oficial do aplicativo, os desenvolvedores reafirmaram o objetivo dele. O Whatsapp não foi desenvolvido para envio massivo de mensagens, e isto viola os termos de serviço.

Milhares de contas abusivas já teriam sido banidas do aplicativo. Foi descoberto ainda que algumas empresas tentam enganar o sistema. Ou seja, a programação de aprendizagem de máquina, usada para encontrar usos irregulares, estava sendo burlada.

Como está cada vez mais difícil encontrar e banir quem usa o app de forma abusiva, a marca apelou. O Whatsapp vai processar usuários que descumprirem os termos, visando desencorajar as más práticas.

Recomendamos para você



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *