6 sintomas de doenças mentais que o corpo te dá

6 sintomas de doenças mentais que o corpo te dá

Em primeiro lugar, vale lembrar que quem procura ajuda de profissionais de saúde mental são é louco. Mas deixar de procurar ajuda, pode piorar a situação. Sintomas de doenças mentais aparecem para nos alertar a procurar ajuda. Ou seja, são sinais para que melhoremos, para que saiamos dessa.

Outro ponto importante é que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o mundo está ficando mais depressivo e ansioso. Sendo assim, não se trata de um problema exclusivamente seu, mas de toda a humanidade. Portanto, buscar ajuda não te torna mais fraco ou sequer te diferencia das outras pessoas.

Sintomas de doenças mentais não devem ser ignorados

Sintomas de depressão
Procurar ajuda não é vergonha alguma
(Foto: Francisco Gonzalez/Unsplash)

Seu bem-estar pode estar em risco e, certamente, sua saúde mental pode ter todas as razões para estar debilitada. Hoje em dia, há diversas situações causadoras de estresse. Ou seja, mesmo que lutemos por uma rotina mais saudável, dependemos dos estímulos externos para nos sentirmos bem.

Procurar um profissional de saúde mental é uma forma de voltarmos aos trilhos de nossas vidas e sairmos do espiral destrutivo da depressão.

Confira 6 sintomas de doenças mentais que o corpo envia:

1 – Apetite fora de controle

Tanto a falta de apetite quanto os excessos são sinais preocupantes. Um depressivo pode ficar sem fome o dia inteiro. Por outro lado, também pode buscar na comida uma forma de alívio. Ou seja, o problema é quanto os extremos se manifestam.

Distúrbios alimentares não frequentes não são causa de preocupação. O problema é quando isso se torna rotina.

2 – Distúrbios no sono

Assim como no item anterior, é necessário buscar ajuda quanto há excesso. Ou seja, quanto não conseguimos dormir, e quanto não conseguimos sair da cama.

Portanto, se o sono está desregulado há um tempo é um sinal preocupante. Algumas noites mal dormidas, por outro lado, acabam sendo comuns devidos ao estresse do dia a dia. Se o problema persistir, procure um médico.

3 – Humor alterado

Mudanças frequentes de humor mostram que o corpo não está distribuindo corretamente os hormônios. Em resumo, há substâncias que nos alegram (dopamina, por exemplo) e outras que nos estressam (cortisol, por exemplo). Há razões para as ações das substâncias, pois elas têm suas funções.

Mas, como um dos sintomas de doenças mentais, a ação desregulada dos hormônios nos deixa tristes e felizes em intervalos estranhos. As mudanças de humor frequentes, enfim, indicam que há algo errado.

Leia também:

Sexo é um antidepressivo natural

7 sinais de exaustão emocional e mental

Ar poluído causa problemas mentais

Isolamento é um sintoma que não deve ser ignorado
Isolamento é um sintoma que não deve ser ignorado
(Foto: Paola Chaaya/Unsplash)

4 – Convívio social comprometido

Depressivos se isolam, eles se escondem do mundo. Não são todos os casos, claro. Há casos em que as vítimas da depressão são tão sociais que ninguém acredita no diagnóstico.

Mas, em grande parte dos casos, a pessoa quer sair das vidas dois outros e tenta abraçar a solidão.

Em suma, se uma pessoa evita compromissos sociais, desmarca encontros e nunca vai às reuniões da galera, é um alerta.

5 – Libido em baixa

Ao mesmo tempo em que o sexo ajuda contra a depressão, o depressivo não sente vontade e perde libido. Enfim, é como se a doença fizesse com que o acometido perdesse a vontade de fazer as coisas que poderiam ajudá-lo.

Por outro lado, pessoas com bipolaridade podem mostrar apetite sexual fora do normal. Sendo assim, mais uma vez, tanto o excesso de vontade quanto a falta de vontade são sinais para que um especialista seja consultado.

6 – Perda de interesse nas atividades que amava

É como o item acima. Se algo faz bem, a depressão faz com que sua vítima perca o interesse. Se você gosta de ir ao cinema, jogar videogame, montar quebra-cabeças ou joga bola, isso tudo faz bem ao cérebro. Mas se você amava fazer algo e simplesmente não tem mais vontade de fazer, é um dos mais sérios entre os sintomas de doenças mentais.

Em conclusão, se você está deixando de ver o brilho da vida, se nada mais tem graça, procure ajuda psicológica. O que vale mais a pena, seguir perdendo a vontade de viver ou visitar alguém que pode trazer as cores de volta à vida?

Recomendamos para você



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *