Holanda é primeiro país sem cães de rua

Cães abandonados
Foto: Jametlene Reskp/Unsplash

Após uma campanha governamental visando o resgate e direcionamento de animais de rua, a Holanda pode se gabar de uma conquista única. O país é o primeiro do mundo a não ter mais população de cachorros de rua. E os animais não foram simplesmente recolhidos e eliminados, eles tiveram ótimos destinos.

Ao constatar que seria possível direcionar atenção e recursos ao caso, o governo holandês agiu com diversas práticas. Os animais de rua eram recolhidos, inicialmente encaminhados a abrigos e identificados. Os que tinham donos eram devolvidos aos lares. Já os cães abandonados ou nascidos nas ruas foram tratados, esterilizados, vacinados e colocados para adoção.

Com o tempo, os cachorros que não foram adotados e morreram naturalmente não deixaram filhotes nas ruas. Os que foram recolhidos, foram cuidados até morrerem naturalmente. Sendo assim, o país conseguiu acabar com o problema e com o sofrimento dos cãezinhos.

Um exemplo a ser copiado

A Holanda já esteve entre os países com mais cachorros no mundo. Raras eram as famílias holandesas sem um cão de estimação. Após um surto de raiva, muitos animais foram abandonados, e foi aí que começou o problema.

cães abandonados holanda
Foto: James Barker/Unsplash

Uma das primeiras ações foi tornar a castração obrigatória. Os donos não tinham custos, já que o governo bancava as cirurgias, mas tinham que levar os animais. Com isso, cerca de 70% das fêmeas foram castradas. O governo também oferecia consultas veterinárias e direcionamento nas medicações.

Foram criadas leis para evitar o abandono e os maus tratos. Quem não cuidasse adequadamente dos animais domésticos poderia pegar pena de até três anos de prisão, além de pagar multas de até 16 mil euros.

Impostos altos para compra de cães de raça e mais iniciativas

Na hora de escolher um animal para as casas, os holandeses tinham mais costume de comprar cães de raça. Para desencorajar a prática, os impostos para compra foram aumentados, e isso fez com que as pessoas preferissem adotar cães abandonados.

Foram criados diversos incentivos para que a população adotasse cachorros, e isso fez com que mais de 1 milhão de animais abandonados encontrassem um lar. Com os incentivos, 90% dos cachorros de rua foram adotados.

O grupo “Animal Cops” age na proteção dos animais. São agentes preparados para garantir a segurança não só dos cães, mas de qualquer animal em situação delicada ou de maus tratos.

Holanda sem cães de rua

Bombeiro e policial resgatam cão abandonado na neve. Foto: Jasper Juinen/New York Times

Foto em destaque: Jametlene Reskp/Unsplash

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.