Guarda-costas de Hitler morre e última testemunha de seu suicídio

Guarda-costas de Hitler morre e última testemunha de seu suicídio

Berlim.-  Misch foi a última testemunha viva do fim de Hitler no bunker da capital alemã. Alguns relatos dizem que ele viu os corpos de Hitler e sua esposa, Eva Braun, pouco depois de tirar sua própria vida.

O ex-guarda-costas de Adolf Hitler, Rochus Misch, morreu na quinta-feira 26 de setembro, 2013 em Berlim aos 96 anos após uma longa doença, de acordo com o co-autor de sua autobiografia Burkhard Nachtigal informou hoje.

“Ele não conseguiu se recuperar de um derrame”, disse Nachtigall. “Em seus últimos dias, foi muito difícil se comunicar com ele”, acrescentou ele, disse a DPA.

Misch foi a última testemunha sobrevivente do fim de Hitler no bunker da capital alemã. Alguns relatos dizem que ele viu os corpos de Hitler e sua esposa, Eva Braun, pouco depois de tirar sua própria vida.

De 1940 até o final da Segunda Guerra Mundial trabalhou como guarda-costas e telefonista Adolf Hitler como antes de fugir do bunker em 02 de maio de 1945 no sentido de Friedrich Street.

Após a guerra, Misch, nascido em 1927, permaneceu preso na então União Soviética por 9 anos.

Em sua vida ao lado de Hitler, Misch publicou em 2009 o livro “The Last Witness”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *