Meditação: Uma maneira simples e rápida de reduzir o estresse

Meditação para reduzir o estresse
(Foto: Benjamin Child/Unsplash)

A meditação pode acabar com o estresse do dia, trazendo com a paz interior retorne. Veja como você pode facilmente aprender a praticar meditação sempre que você mais precisa.

Se o estresse te deixou ansioso, tenso e preocupado, considere tentar meditação. Passar alguns minutos em meditação pode ajudar a restaurar sua calma e paz interior.

Qualquer um pode praticar meditação. É simples e barato. E não requer nenhum equipamento especial.

E você pode praticar meditação onde quer que esteja – quer você esteja fora para uma caminhada, andando de ônibus, esperando no consultório médico ou mesmo no meio de uma difícil reunião de negócios.

Entendendo a meditação

A meditação tem sido praticada há milhares de anos. A meditação originalmente foi feita para ajudar a aprofundar a compreensão das forças sagradas e místicas da vida. Hoje em dia, a meditação é comumente usada para relaxamento e redução de estresse.

A meditação é considerada um tipo de medicina complementar mente-corpo. Meditação pode produzir um profundo estado de relaxamento e uma mente tranquila.

Durante a meditação, você concentra sua atenção e elimina o fluxo de pensamentos confusos que podem estar lotando sua mente e causando estresse. Esse processo pode resultar em um melhor bem-estar físico e emocional.

Benefícios da meditação

A meditação pode lhe dar uma sensação de calma, paz e equilíbrio que podem beneficiar tanto seu bem-estar emocional quanto sua saúde geral. Você também pode usar para relaxar e lidar com o estresse, reconcentrar a atenção e jogar algumas coisas ruins para fora da cabeça. Meditar pode ajudar a aprender a ficar centrado e manter a paz interior.

E esses benefícios não terminam quando sua sessão de meditação termina. Meditação pode ajudar a te manter em estado de calma ao longo do dia. E a meditação pode ajudar a gerenciar sintomas de certas condições médicas.

Meditação e bem-estar emocional e físico

benefícios da meditação
(Foto: Omid Armin/Unsplash)

Quando você medita, você pode limpar a sobrecarga de informações que se acumula todos os dias e contribui para o seu estresse.

Os benefícios emocionais e físicos da meditação podem incluir:

– Ganhar uma nova perspectiva sobre situações estressantes;

-Construir habilidades para gerenciar seu estresse;

– Aumento da autoconsciência;

– Manter o foco no presente;

– Reduzir as emoções negativas;

– Aumento da imaginação e criatividade;

– Aumento na paciência e a tolerância;

– Redução da frequência cardíaca em repouso;

– Queda na pressão sanguínea em repouso;

– Melhora na qualidade do sono.

Meditação e doenças

A meditação também pode ser útil se você tiver uma condição médica, especialmente uma que pode ser agravada pelo estresse.

Embora um corpo crescente de pesquisas científicas apoie os benefícios para a saúde da meditação, alguns pesquisadores acreditam que ainda não é possível tirar conclusões sobre os possíveis benefícios.

Com isso em mente, algumas pesquisas sugerem que a meditação pode ajudar as pessoas a gerenciar sintomas de condições como:

– Ansiedade;

– Asma;

– Câncer;

– Dor crônica;

– Depressão;

– Cardiopatia;

– Pressão alta;

– Síndrome do intestino irritável;

– Problemas de sono;

– Dores de cabeça de tensão.

Certifique-se de falar com seu profissional de saúde sobre os prós e contras do uso da meditação se você tiver alguma dessas condições ou outros problemas de saúde. Em alguns casos raros, a meditação pode piorar os sintomas associados a certas condições de saúde mental.

Meditação não é um substituto para o tratamento médico tradicional. Mas pode ser uma adição útil ao seu outro tratamento.

Tipos de meditação

Meditação é um termo guarda-chuva para as muitas maneiras de alcançar um estado de relaxamento. Existem muitos tipos de técnicas de meditação e relaxamento que têm componentes de meditação. Todos compartilham o mesmo objetivo: alcançar a paz interior.

As formas de meditar podem incluir:

– Meditação guiada: Às vezes chamada de imagens guiadas ou visualização, com este método de meditação você forma imagens mentais de lugares ou situações que você acha relaxante.

Você tenta usar o máximo de sentidos possível, como cheiros, pontos turísticos, sons e texturas. Você pode ser conduzido através deste processo por um guia ou professor.

– Meditação com mantra: Neste tipo de meditação, você repete silenciosamente uma palavra calmante, pensamento ou frase para evitar pensamentos distraídos.

– Meditação mindfulness ou atenção plena: Esse tipo de meditação baseia-se em ser consciente, ou ter uma maior consciência e aceitação de viver no momento presente.

Na meditação da atenção plena, você amplia sua consciência de forma… consciente. Você se concentra no que experimenta durante a meditação, como o fluxo de sua respiração. Você pode observar seus pensamentos e emoções. Mas deixe-os passar sem julgamento.

– Qi Gong: Essa prática geralmente combina meditação, relaxamento, movimento físico e exercícios de respiração para restaurar e manter o equilíbrio. Qi gong faz parte da medicina tradicional chinesa.

– Tai chi: Esta é uma forma suave de treinamento em artes marciais chinesas. No tai chi, você executa uma série de posturas ou movimentos de forma lenta e graciosa enquanto pratica respiração profunda.

– Meditação transcendental: Meditação transcendental é uma técnica simples e natural. Nesta forma de meditação, você repete silenciosamente um mantra pessoalmente atribuído, como uma palavra, som ou frase, de uma maneira específica.

Esta forma de meditação pode permitir que seu corpo se instale em um estado de profundo descanso e relaxamento e sua mente para alcançar um estado de paz interior, sem precisar usar concentração ou esforço.

– Ioga: Você realiza uma série de posturas e exercícios de respiração controlados para promover um corpo mais flexível e uma mente calma. À medida que você se move através de poses que requerem equilíbrio e concentração, você é encorajado a se concentrar menos no seu dia agitado e mais no momento.

Elementos da meditação

Diferentes tipos de meditação podem incluir diferentes características para ajudá-lo a meditar. Estes podem variar dependendo de qual orientação você segue ou quem está dando uma aula. Algumas das características mais comuns na meditação incluem:

– Atenção focada: Focar sua atenção é geralmente um dos elementos mais importantes da meditação.

Focar sua atenção é o que ajuda a libertar sua mente das muitas distrações que causam estresse e preocupação. Você pode concentrar sua atenção em coisas como um objeto específico, uma imagem, um mantra ou até mesmo sua respiração.

– Respiração relaxada: Esta técnica envolve respiração profunda e uniforme usando o músculo diafragma para expandir seus pulmões. O objetivo é diminuir a respiração, tomar mais oxigênio e reduzir o uso de músculos do ombro, pescoço e peito superior enquanto respira para que você respire de forma mais eficiente.

– Um cenário silencioso: Se você é um iniciante, praticar meditação pode ser mais fácil se você estiver em um lugar tranquilo com poucas distrações, incluindo sem televisão, rádios ou celulares.

À medida que você se torna mais hábil em meditação, você pode ser capaz de fazê-la em qualquer lugar, especialmente em situações de alto estresse onde você se beneficia mais da meditação, como um engarrafamento, uma reunião de trabalho estressante ou uma longa fila no supermercado.

– Uma posição confortável: Você pode praticar meditação, quer esteja sentado, deitado, caminhando ou em outras posições ou atividades. Apenas tente ficar confortável para que você possa tirar o máximo de sua meditação. Procure manter uma boa postura durante a meditação.

– Atitude aberta: Deixe os pensamentos passarem pela sua mente sem julgamento.

Formas cotidianas de praticar meditação

Não deixe que a ideia de meditar do jeito “certo” aumente o seu estresse. Se você optar por isso, você pode participar de centros especiais de meditação ou aulas em grupo lideradas por instrutores treinados. Mas você também pode praticar meditação facilmente por conta própria. Ou você pode encontrar aplicativos para usar, também.

E você pode fazer meditação tão formal ou informal quanto quiser, como for que se adapte ao seu estilo de vida e situação. Algumas pessoas constroem meditação em sua rotina diária. Por exemplo, eles podem começar e terminar todos os dias com uma hora de meditação. Mas tudo que você realmente precisa é de alguns minutos de tempo de qualidade para meditação.

Aqui estão algumas maneiras que você pode praticar meditação por conta própria, sempre que você escolher:

– Respire profundamente: Esta técnica é boa para iniciantes porque a respiração é uma função natural.

– Concentre toda sua atenção em sua respiração: Concentre-se em sentir e ouvir enquanto você inala e expira através de suas narinas. Respire profundamente e lentamente. Quando sua atenção vagar, retorne suavemente seu foco para sua respiração.

– Concentre-se no seu corpo: Ao usar esta técnica, concentre a atenção em diferentes partes do seu corpo. Tome consciência das várias sensações do seu corpo, seja dor, tensão, calor ou relaxamento.

Combine o escaneamento corporal com exercícios de respiração e imagine cada detalhe dentro e fora de diferentes partes do seu corpo.

Meditação estresse
(Foto: Madison Lavern/Unsplash)

– Repita um mantra: Você pode criar seu próprio mantra, seja religioso ou secular. Exemplos de mantras religiosos incluem a Oração de Jesus na tradição cristã, o nome sagrado de Deus no judaísmo, ou o mantra om do hinduísmo, budismo e outras religiões orientais.

– Caminhe e medite: Combinar uma caminhada com meditação é uma maneira eficiente e saudável de relaxar. Você pode usar essa técnica em qualquer lugar que você está andando, como em uma floresta tranquila, em uma calçada da cidade ou no shopping.

Quando você usa este método, diminua o ritmo de caminhada para que você possa se concentrar em cada movimento de suas pernas ou pés. Não se concentre em um destino específico. Concentre-se em suas pernas e pés, repetindo palavras de ação em sua mente, como “levantar”, “mover” e “colocar” enquanto levanta cada pé, move a perna para frente e coloca o pé no chão. Concentre-se nos pontos turísticos, sons e cheiros ao seu redor.

– Participe da oração: A oração é o exemplo mais conhecido e mais praticado de meditação. Orações faladas e escritas são encontradas na maioria das tradições religiosas.

Você pode rezar usando suas próprias palavras ou ler orações escritas por outros. Verifique a seção de autoajuda da sua livraria local, por exemplo. Fale com seu rabino, padre, pastor ou outro líder espiritual sobre possíveis recursos.

– Leia e reflita: Muitas pessoas relatam que se beneficiam da leitura de poemas ou textos sagrados, e que tiram alguns momentos para refletir silenciosamente sobre seu significado.

Você também pode ouvir música sagrada, palavras faladas ou qualquer música que você achar relaxante ou inspiradora. Você pode querer escrever suas reflexões em um diário ou discuti-las com um amigo ou líder espiritual.

– Concentre seu amor e bondade: Neste tipo de meditação, você pensa nos outros com sentimentos de amor, compaixão e bondade. Isso pode ajudar a aumentar o quão conectado você se sente com os outros.

Construindo suas habilidades de meditação

Não julgue suas habilidades de meditação, o que só pode aumentar seu estresse. Meditação requer prática.

Tenha em mente, por exemplo, que é comum sua mente vagar durante a meditação, não importa há quanto tempo você esteja praticando meditação. Se você está meditando para acalmar sua mente e sua atenção vagueia, lentamente retorne ao objeto, sensação ou movimento em que você está se concentrando.

Experimente, e você provavelmente descobrirá quais tipos de meditação funcionam melhor para você e o que você gosta de fazer. Adapte a meditação às suas necessidades no momento. Lembre-se, não há maneira certa ou errada de meditar. O que importa é que a meditação ajuda você a reduzir seu estresse e se sentir melhor no geral.

Fonte: Mayo Clinic.

Leia também:

Curiosidades do mundo: 10 fatos mais curiosos do mundo

Sonhar com cobra: Os significados dos sonhos com cobras

     

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.