Uma nova parte do corpo humano foi descoberta

Uma nova parte do corpo humano foi descoberta
(Foto: Pwadol Jaturawutthichai/Sutterstock)

É hora de atualizar os livros de anatomia – uma nova parte do corpo foi descoberta! Uma camada muscular na mandíbula inferior que desempenha um papel essencial na mastigação foi descrita pelos cientistas pela primeira vez no periódico Annals of Anatomy.

Aninhado no músculo masseter – o mais proeminente dos músculos da mandíbula – o novo músculo é encontrado entre a parte de trás das maçãs do rosto e a mandíbula inferior.

Você pode sentir o músculo masseter colocando os dedos na parte de trás de suas bochechas enquanto você mastiga. Era geralmente considerado como sendo composto de apenas duas camadas: uma profunda e outra superficial. No entanto, alguns textos aludiram a uma misteriosa terceira camada super profunda.

“Em vista dessas descrições contraditórias, queríamos examinar a estrutura do músculo masseter de forma abrangente”, disse o professor Jens Christoph Türp, do Centro Universitário de Medicina Odontológica De Basileia, em comunicado.

É esta terceira camada esquiva que a equipe, liderada por Türp e Dr. Szilvia Mezey do Departamento de Biomedicina da Universidade de Basileia, finalmente descobriu.

“Esta parte profunda do músculo masseter é claramente distinguível das duas outras camadas em termos de seu curso e função”, disse Mezey.

Uma nova parte do corpo humano
(Foto: Jens. C. Türp, University of Basel / UZB)

A nova camada está envolvida na estabilização da mandíbula inferior, acrescentou Mezey, tendo estudado seu arranjo de fibras musculares. Ela também acredita que é a única parte do masseter que puxa a mandíbula inferior para trás.

A equipe dissecou 12 cabeças preservadas em formaldeído e examinou tomografias computadorizadas de 16 cadáveres “frescos”, além de uma ressonância magnética de um sujeito vivo para identificar a posição e a provável função da nova camada muscular.

Claro, uma nova parte brilhante do corpo precisa de um novo nome brilhante. Em seu artigo, a equipe sugere que ele seja chamado de Musculus masseter pars coronidea – que significa parte coronóide do masseter – como se prende à parte muscular (coronóide) da mandíbula inferior.

O achado não é apenas anatomicamente significativo, concluem os autores, mas também pode ser clinicamente relevante. O conhecimento preciso do músculo masseter melhorará a cirurgia e as terapias da mandíbula inferior.

“Embora seja geralmente assumido que a pesquisa anatômica nos últimos 100 anos não deixou pedra sobre pedra, nossa descoberta é um pouco como zoólogos descobrindo uma nova espécie de vertebrado”, disse Türp.

Fonte: IFL Science.

Leia também:

Sonhar com cachorro: Os significados por trás dos sonhos com cachorros

Quando você se deparar com essas “ondas quadradas” saia do mar imediatamente

Médico encontra quatro abelhas vivendo no olho de uma mulher

     

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.