Professor japonês cria tela com sabor que imita o gosto dos alimentos

cria tela com sabor
(Kristina Kislichenko/Shutterstock)

Um professor japonês desenvolveu um protótipo de tela de TV lambível que pode imitar sabores de alimentos, mais um passo para criar uma experiência de visualização multissensocular.

O dispositivo, chamado Taste the TV (TTTV), usa um carrossel de 10 recipientes de sabor que pulverizam em combinação para criar o sabor de um determinado alimento. A amostra de sabor então rola em filme higiênico sobre uma tela de TV plana para o espectador tentar.

Na era COVID-19, esse tipo de tecnologia pode melhorar a maneira como as pessoas se conectam e interagem com o mundo exterior, disse o professor da Universidade Meiji Homei Miyashita.

tela que tem sabor
(Reprodução/Reuters)

“O objetivo é possibilitar que as pessoas tenham a experiência de algo como comer em um restaurante do outro lado do mundo, mesmo ficando em casa”, disse ele.

Miyashita trabalha com uma equipe de cerca de 30 alunos que produziu uma variedade de dispositivos relacionados ao sabor, incluindo um garfo que torna o sabor dos alimentos mais rico. Ele disse que construiu o protótipo TTTV no ano passado e que uma versão comercial custaria cerca de 100.000 ienes (US$ 875) para fazer.

tela com gosto
(Reprodução/Reuters)

As aplicações potenciais incluem o ensino a distância para sommeliers e cozinheiros, e jogos de degustação e quizzes, disse ele.

Miyashita também esteve em conversas com empresas sobre o uso de sua tecnologia de spray para aplicações como um dispositivo que pode aplicar uma pizza ou sabor de chocolate a uma fatia de pão torrado.

Ele também espera fazer uma plataforma onde gostos de todo o mundo possam ser baixados e apreciados pelos usuários, assim como a música é agora.

tela com sabor
(Reprodução/Reuters)

Uma estudante de Meiji demonstrou TTTV para repórteres, dizendo à tela que queria provar chocolate doce. Depois de algumas tentativas, uma voz automatizada repetiu a ordem e os jatos de sabor espirraram uma amostra em uma folha de plástico.

“É como chocolate ao leite”, disse ela. “É doce como um molho de chocolate.”

Fonte: Reuters.

Leia também:

Raras evidências de crucificação foram descobertas em esqueleto no Reino Unido

Embrião de dinossauro impecavelmente preservado parece que ‘morreu ontem’

Por que antigos faraós egípcios pararam de construir pirâmides?

tela que tem gosto
(Reprodução/Reuters)
     

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.