Gato abandonado criou coragem e entrou em casa de humano para fugir do frio 

Gato abandonado criou coragem

Quando o frio chega e vemos nossos gatinhos alimentados, quentinhos em uma cama e seguros, ficamos felizes. Mas há muitos bichinhos sem a mesma sorte. Muitas vezes, precisam se arriscar e confiar em quem não conhecem. E um gato abandonado criou coragem e entrou na casa de um humano, pois precisava de ajuda. 

gato abandonado cria coragem e entra
(Reprodução / Youtube)

Quando gatos de rua invadem casa, geralmente, fazem isso escondidos. Ou seja, invadem no meio da noite, por alguma fresta e as pessoas nem ficam sabendo. Por outro lado, alguns deles acabam criando uma relação antes de, finalmente, pedirem abrigo de forma oficial. 

gato de rua entrou
(Reprodução / Youtube)

Enfim, é esse o caso de um homem chamado Lex e de um gato, chamado Cinnabon. Durante alguns meses, em suma, o homem tentou se aproximar do gatinho selvagem. Ele deixou comida e fez até uma casinha para ele no quintal. 

Gato abandonado criou coragem e confiou em humano 

Em um dia particularmente frio, Cinnabon apareceu à porta, precisando de ajuda. Lex deixou a porta aberta e usou petiscos para atrair o gato para dentro. Enfim, com todo cuidado e ainda com medo, o bichano adentrou o ambiente quentinho e começou a explorar.  

gatinho entra em casa
(Reprodução / Youtube)

Assim que comeu, voltou para fora. Mas, acabou retornando para mais comida e calor. Escolheu um lugar preferido, debaixo da mesa, onde se sentia seguro. Com o tempo, porém, se acostumou à sala e à casa.  

Hoje, em resumoCinnabon foi adotado por Lex e nunca mais vai passar frio ou fome. Sem dúvida, a casa que ele tinha medo de conhecer se tornou o melhor lugar do mundo para ele. Essa é, certamente, mais uma história que mostra que o amor resolve muitos problemas.  

Leia também: 

Gata rouba cachorrinhos ao ver que a mãe deles não os quer 

Curiosidades do mundo: 10 fatos mais curiosos do mundo 

Gata de rua invade casa para ter gatinhos e tem a vida transformada 

Gatinha morreu e açougueiro que ela visitava fez uma réplica de papelão dela 

     

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.