Gata ganhou pequeno tapete para poder rezar com a família que a adotou

A gatinha Tofu foi retirada das ruas quando ainda era apenas um filhotinho. A primeira família não tinha condições de cuidar dela, então Mohammad Fahmi decidiu que a adotaria. A família muçulmana a acolheu com todo amor. Com o tempo, a gata ganhou um pequeno tapete para poder participar das orações.

Mas não foi apenas uma tentativa de fazer com que o animal, de fato, rezasse. A tradição muçulmana é levada muito a sério. Portanto, os religiosos têm um tempo dedicado à sua fé. Por muitas vezes, Tofu queria brincar no meio das orações, pois via vários tapetes e pessoas reunidos na casa.

Gata ganha tapete de oração
(Foto: Mohammad Fahmi)

Inicialmente, a família não gostava de animais de estimação, menos Fahmi, que amou Tofu desde o primeiro momento. Porém, pouco tempo depois, todos já estavam apaixonados por ela.

Os moradores tentaram distrair a gatinha dando a ela um pequeno tapete, para que ficasse mais tranquila na hora de rezar. E deu certo, ao menos, na maioria das vezes. Ela entendeu que o tapetinho é seu canto e fica quietinha enquanto os donos oram.

Gata ganhou pequeno tapete de oração

Gatinha ganha tapete
(Foto: Mohammad Fahmi)

O tapete de Tofu já tinha uma função antes. É um item de viagem que os muçulmanos levam para orar quanto não estão em casa. Como precisam tocar a testa no chão, levam o tapete menor. Mas acabaram dando a Tofu, pois não usam tanto.

Agora, toda vez que se unem para o momento de ligação com o ser superior, a gatinha parece compreender o momento. Ela fica em seu pequeno tapete, atenta aos lindos costumes humanos ligados à fé. Enfim, todos acabam aprendendo e saindo das experiências muito mais alegres.

Gata com tapete
(Foto: Mohammad Fahmi)

Leia também:

Gata acostumada ao silêncio reclama por donos estarem em casa na quarentena

Gatinha rabugenta foi adotada e mudou a vida da dona

Gatinho com bigode perfeito conquista casal e ganha família

     

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.