Jovem empresário sugere venda de peles de coalas mortos em incêndios e é criticado

Para ele, seria uma forma de ‘aproveitar’ os restos dos animais, já que venda de pele de coala é proibida

Foto: Reprodução/YouTube

O participante da versão britânica do reality show “O Aprendiz”, Ryan-Mark Parsons, de apenas 19 anos, deu uma ideia, no mínimo, sem noção. O rapaz, durante uma entrevista, disse que os animais mortos nos incêndios da Austrália poderiam ser “reaproveitados”.

Ele disse que os bichinhos que perderam as vidas durante a tragédia poderiam ser revertidos em “algo para vestir”. Não vamos atacar o garoto e afirmar que ele disse por maldade, mas, convenhamos que essa ideia é deveras nua de empatia.

Como usar peles de coala é proibido, Parsons disse que os animais que morreram no fogo ou asfixiados poderiam ter as peles aproveitadas. Quem vê, imagina que ele pensa demais como um empresário e de menos como ser humano.

A falta de empatia do participante chamou a atenção e revoltou muita gente. Ele disse que as peles deveriam ser vendidas e o dinheiro revertido para a própria causa animal. Mas ele ignora que não usar as peles é o melhor que se pode fazer pelas tal causa.

Vender as pelas para arrecadar dinheiro para convencer as pessoas a não usar peles. É algo que já o faria receber a famoso ultimato: “você está demitido”.

A própria apresentadora do programa, Susanna Reid, repreendeu o jovem. Ela disse que a ideia dele ela “totalmente doente”.

Font: Metro

Leia também: Você sabe qual é o som que o bicho preguiça faz? Descubra da forma mais fofa

Recomendamos para você



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *