Risco de morte prematura cai em até 24% em pessoas que têm cães

Estudos mostram que diversos risco são reduzidos com a presença dos animais

Um estudo sueco mostra que ter um cão reduz o risco de morte prematura em até 24%. E estamos falando de morte por qualquer causa. E as coisas ficam ainda melhores nos casos de pacientes que já tiveram problemas sérios, como ataque cardíaco e AVC, por exemplo.

Nos casos de AVC, o risco de morte reduz em até 27%. Já nos casos de problemas cardíacos, a redução é de 33%. Os dados foram divulgados na publicação científica Circulation.

ter cão reduz risco de morte
Remédios naturais e fofos
(Foto: Sam Manns/Unsplash)

Em resumo, Tove Fall, um dos responsáveis pelo estudo, na universidade de Uppsala, disse: “Solidão e estilo de vida sedentário são fatores de risco importantes para morte prematura. Cães são excelentes motivações para os donos saírem ao ar livre ao levá-los para passear”.

Sendo assim, o que se entende é que a amizade entre cão e humano pode levar a pessoa a mudar o estilo de vida. Ou seja, ela passará a realizar atividades mais saudáveis. Sem dúvida a própria relação também ajuda a melhorar tudo. A entrevista de Tove Fall foi dada à NBC News.

Risco de morte prematura cai apenas pela presença do cão

cães fazem bem para a saúde
Você concorda?
(Foto: Helena Lopes/Unsplash)

Não é só a mudança de estilo de vida que traz os benefícios ligados à redução do risco de morte prematura. Os responsáveis pelo estudo acreditam que apenas a presença dos cães já pode fazer a diferença. A diminuição do estresse, por exemplo, coloca mais dados relevantes no estudo.

Análises feitas anteriormente já tinham conseguido provar que a companhia de um cachorro ajudava a reduzir o cortisol. Para quem não sabe, em suma, este é o hormônio do estresse.

Leia também:

Cervo sobrevive a tiro e mata caçador

Homens psicopatas são mais atraentes, segundo estudo

Mulher joga cães recém-nascidos em lixeira

Risco de morte prematura
Amigos por mais tempo
(Foto: Joseph Pearson/Unsplash)

Mais dados provam que a presença dos animais ajuda a diminuir níveis de pressão arterial e colesterol. Inclusive há dados que mostram que acariciar o amigo cão tem tanto poder de reduzir a pressão arterial quanto um medicamento.

E você, sabia de tudo isso? Acha que seu cão contribui mesmo para sua saúde?

Principal fonte: NBC News

Recomendamos para você



Primeiro Comentário

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *