Cadela foi torturada, espancada, pintada com spray e largada com fio no pescoço

Ela teve convulsões causadas por traumatismo craniano e asfixia

cadela abandonada
Cadela foi resgatada e teve convulsões (Foto: The Animal Hope & Wellness Foundation)

A crueldade humana pode atingir patamares inacreditáveis. Em um beco da cidade de Los Angeles, isso pode ser constatado da pior forma. Um animal foi encontrado em um estado que faria a maioria das pessoas chorarem. Uma cadela espancada, queimada quimicamente, pintada com spray e abandonada amarrada a um fio.

Por sorte, ela foi resgatada e passou por cuidados. Mas outro cão que estava junto não teve a mesma sorte, se é que podemos chamar de sorte. O outro animal, que estava ao lado do resgatado, apresentava os mesmos sinas, mas estava morto.

As pessoas que o acharam acionaram a The Animal Hope & Wellness Foundation, que o resgatou.

Cadela espancada mostrou desconfiança com relação a humanos

cadela-espancada
Avery foi encontrada assim (Foto: The Animal Hope & Wellness Foundation)

A cadela espancada e torturada foi chamada de Avery. O animal foi encaminhado às pressas ao McGrath Veterinary Center, onde foi atendido emergencialmente. O cão sofreu ao menos três convulsões durante o atendimento.

Tinha sarna, cortes, marcas de queimaduras químicas e estava extremamente triste. A cada aproximação humana, o cão se encolhia, com medo. O veterinário que atendeu Avery afirmou que as convulsões seriam consequências de pancadas na cabeça.

Leia também:

Cão-lobo gigante foi abandonado para morrer, mas ganhou segunda chance

Mulher doa rim ao ex-marido para que filhas não fiquem sem pai

Estudante adota burrinho abandonado e relação dos dois é linda

Avery, em resumo, teve traumatismo craniano e falta de oxigênio no cérebro causada pelo estrangulamento com o fio. A cadela poderá levar um tempo até se acostumar novamente com humanos por perto. Por outro lado, ela se recuperou bem.

A polícia de Los Angeles investiga o caso

cadela-espancada-foi-resgatada
O estado de Avery era grave (Foto: The Animal Hope & Wellness Foundation)

A suspeita é que gangues de Los Angeles tenham feito isso com Avery e o outro cão. A suspeita, em primeiro lugar, foi levantada por Marc Ching, fundador da fundação que salvou Avery.

Enfim, a polícia da cidade trabalha com esta hipótese em consideração. Além da tortura e espancamento da cadela, houve a morte do outro cão. Ou seja, se isto se tornar um comportamento comum, é bom que a polícia comece a resolver desde já. Sendo assim, o objetivo não é apenas punir quem já fez a maldade, mas também evitar que aconteça novamente.

avery-alley-los-angeles
A tristeza de Avery estava nos olhos dela (Foto: The Animal Hope & Wellness Foundation)
Nota média 5 de 3 votos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.